ACESSO A INFORMAÇÃO

Verifique o código referente ao exame  que começa com 00.

MAPA 24 HORAS    CÓD. (00627)

Para que seve o mapa de pressão arterial

A pressão arterial obtida no consultório médico é um dado apenas momentâneo e não reflete com fidelidade a pressão arterial e as variações de medidas existentes no dia-a-dia do paciente.

Para o médico, é muito útil saber como se comporta a pressão arterial do paciente durante suas atividades diárias.

Com a mapa de pressão arterial (MAPA) a pressão arterial é automaticamente medida e registrada nas 24 horas do dia, enquanto está acordado e também durante o sono.

O exame MAPA 24 horas analisa o comportamento da pressão arterial durante os vários eventos do cotidiano da pessoa e ainda torna possível avaliar a eficácia de tratamentos anti-hipertensivos, quando é o caso.

Como o aparelho mede a pressão cada 15 ou 30 minutos, ele consegue fornecer ao médico uma realidade de um dia inteiro da pessoa.

O MAPA para medir pressão arterial ajuda a fazer diagnóstico ou acompanhamento de quem já está em tratamento.

O exame quase não apresenta desconforto nem interfere nas atividades rotineiras do paciente, as quais, ao contrário, devem seguir seu curso normal.

A medida da pressão arterial em vários momentos sucessivos do dia do paciente torna possível obter uma visão dinâmica do comportamento pressórico durante a vida do paciente e correlacioná-lo com as suas atividades.

A Mapa de pressão arterial (MAPA) é um exame já incorporado à prática clínica do cardiologista para avaliar e tratar problemas de pressão arterial.

Indicação do MAPA de pressão arterial

  1. Fazer o diagnóstico de pressão alta.

  2. Afastar hipertensão do avental branco.

  3. Afastar efeito do avental branco em quem já trata da pressão arterial.

  4. Saber se a pressão tem descenso noturno no diabético.

  5. Avaliar o efeito do tratamento da pressão arterial durante 24 horas do dia.

  6. Saber se a pessoa tem hipotensão durante o dia ou a noite.

  7. Acompanhar se a pressão arterial não reduz muito durante o dia ou a noite em cardiopatas que usam medicação para a pressão.

 

 

Contra-indicação do MAPA de pressão arterial

  1. Pacientes que já possuem a pressão muito baixa, algo inferior a 100/60 mmHg. Neste caso o aparelho pode não medir corretamente.

  2. Presença de arritmias mal controladas. Com a irregularidade no batimento cardíaco, as medidas do aparelho podem não ser precisas.

  3. Níveis muito elevados de pressão arterial. É melhor tratar e depois fazer o exame para não correr riscos.

  4. Pacientes hiperativos. O exame exige parada total das atividades durante a medida, se o paciente se movimentar, fica invalidada a medida.

  5. Portadores de doença de Parkinson. O tremor impede uma medida adequada.

  6. Pacientes com distúrbios cerebelares. Outra situação que inviabiliza a medida pelo movimento.

  7. Pacientes com tiques nervosos.

  8. Crianças que não colaboram com o exame.